(41) 3314-5000

Não perca as próximas atualizações,
assine nossa newsletter

Arame farpado: da origem ao seu uso na Guerra

O arame farpado foi inventado na França em 1860 e posteriormente foi aperfeiçoado nos Estados Unidos.

Inicialmente, o objeto era utilizado para o cercamento do gado e para a segurança de algum pedaço de terra.

Seria apenas no século XX que o arame farpado seria aplicado para a finalidade que o  tornou uma presença ubíqua nas guerras e conflitos do século passado. O arame farpado foi utilizado como uma peça estratégica para impedir o avanço da infantaria (soldados que estão a pé) do oponente no território.

Já no começo do século, ele foi utilizado durante a Guerra Russo-Japonesa (1904-1905).

Porém, a popularização desse instrumento nas práticas de guerra se tornou massiva uma década mais tarde com o advento da Primeira Guerra Mundial (1914-1918).

O conflito foi disputado por meio de alianças entre países que, de maneira mais ou menos similares, apresentavam certos interesses em comum.

A Tríplice Aliança foi formada pela Alemanha, Áustria Hungria e Itália. Do outro lado, formou-se a Tríplice Entente, composta pela França, Rússia e Inglaterra.

Ao final da guerra, em 1918, estima-se que 40 milhões de pessoas tenham perdido suas vidadas. Tanto que por um longo período, as pessoas se referiam à Primeira Guerra Mundial como “A Grande Guerra”.

Mas você deve estar se perguntando qual é o papel que o arame farpado teve durante a Guerra. Isso você pode conferir a seguir.

arame farpado e guerra de trincheiras

O Arame Farpado e a Guerra de Trincheiras

O arame farpado teve um papel crucial na denominada Guerra de Trincheiras da Primeira Guerra Mundial. Nesse caso, as tropas do exército ficavam em trincheiras em buracos cavados na terra.

No meio do território entre duas forças inimigas fica o que é conhecido como ‘terra de ninguém’. Trata-se do espaço que deve ser percorrido por um exército para conseguir penetrar na trincheira inimiga.

Durante essa fase, o arame farpado foi utilizado principalmente como um obstáculo na terra de ninguém para impedir que a grupo oposto atinja a própria trincheira.

Assim, durante a 1ª Guerra Mindial o arame farpado foi utilizado com quatro objetivos principais: 1) tornar as tropas inimigass mais fracas diante do ataque; 2) restringir a capacidade de manobra do inimigo; 3) forçar o inimigo em zonas em que eles estariam mais vulneráveis ao fogo defensivo; 4) desorganizar os ataques do outro exército.

Você também poderá se interessar por…

>> Concertina tradicional ou clipada: qual escolher?

>> O que é segurança perimetral?

>> Galvanização: entenda mais do processo que faz os metais durarem

Arame farpado: da origem ao seu uso na Guerra
Avalie esse post!

Não perca as próximas atualizações,
assine nossa newsletter


Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (1) in /home/aramax/www/wp-includes/functions.php on line 3729

Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (1) in /home/aramax/www/wp-includes/functions.php on line 3729